Palmeiras “passeia” em Avellaneda e abre boa vantagem contra o River Plate

A partida entre River Plate e Palmeiras era um dos confrontos mais aguardados das semifinais da Copa Libertadores. Dessa forma foi especulado no decorrer desde o fim de ano e princípio das comemorações festivas devido ao bom futebol praticado.

O confronto entre River Plate e Palmeiras estava marcado para ocorrer no estádio do River Plate, no entanto, por estar em reformas resolveu mandar seu jogo no estádio de Avellaneda, dentro do Independiente. Por isso, o duelo começou de forma bem convincente.

As primeiras impressões foram que o jogo fosse mais disputado, no entanto; a concentração do time do Palmeiras foi muito alta e isso dificultou as ações do time Marcelo Gallardo. Perdido, só conseguiu ameaçar nos primeiros 15 minutos depois só deu alviverde.

"<yoastmark

Leia também: Rony marca o primeiro gol do Verdão: River Plate 0 x 1 Palmeiras, Assista o Gol

Palmeiras e seu cansaço ignorado

Como se não bastasse, as principais ações ocorreram com o Palmeiras. Na primeira investida, Rony quase consegue fazer o primeiro gol senão fosse os zagueiros do River Plate. No entanto, na segunda investida, Armani( que teve uma noite para esquecer) abafou um cruzamento e sobrou para o “Rústico” abrir o placar.

O duelo continuou e foi desenhando uma partida bastante favorável, mas, a sorte dos milionários não estava da melhor forma possível, com duas bolas na trave. Por isso, todo cuidado era interessante. Até o fim da etapa inicial o time do Palmeiras soube controlar bem a partida.

Leia também: Matias Viña marca o terceiro gol do Verdão: River Plate 0 x 3 Palmeiras, Assista o Gol

Segundo tempo arrasador

O time de Marcelo Gallardo esperava-se que ia conseguir fazer um gol logo nos primeiros minutos para poder empatar com o Palmeiras. No entanto, tudo foi por “água abaixo” quando Luiz Adriano escapa de um dos zagueiros do River e escolhe o canto para ampliar o marcador.

Ainda tentando achar um caminho para diminuir o placar, o time ainda contou com uma expulsão bem marcada de Carrasco em cima de Gabriel Menino. Após o ocorrido, o time River Plate desandou e não conseguiu ameaçar no campo adversário.

Por fim, logo após o gol, Matias Viña recebe um lindo cruzamento e finaliza para fechar com chave de ouro por 3 a 0.

Tempo para se preparar

O time de Abel Ferreira só joga agora na próxima terça-feira (12), contra o mesmo River Plate podendo perder por 2 gols de diferença dentro do Allianz Parque para garantir a classificação para as finais da Copa Libertadores.

A outra semifinal; começa a ser decidida nesta quarta-feira(6) com Boca Juniors e Santos. Será que teremos uma final brasileira novamente? Vamos esperar. Por isso, todo cuidado se faz por necessário.

Carregando...