PSG é cirúrgico, Neymar dá show e time parisiense leva vantagem nas quartas da Champions, confira como foi a partida

O duelo entre Bayern x PSG fazia um confronto muito especial para todos. Enquanto tinham uma dupla de arrasar com Neymar e Mbappé, para os lados do time alemão, apenas o entrosamento era visto como satisfatório em um primeiro momento.

O começo arrasador do time visitante foi muito interessante nos olhos vistos para a imprensa, porém, com uma boa troca de passes entre Neymar e Mbappé, o francês abre o placar com uma falha enorme de Neuer. Portanto, logo nos primeiros minutos prometia forte emoção.

Depois do gol, a equipe do Bayern começou a agredir mais o PSG, e sob intervenção de Keylor Navas chegou algumas vezes com importantes defesas. O time francês, no entanto, parou de atacar como deveria ocorrer.

A partir disso, enfrentar a situação de um jeito diferente, Neymar lança grandiosamente para Marquinhos conseguir ajeitar na pequena área e mandar para os fundos da rede de Neuer, abrindo 2 a 0. Após o lance do gol, o zagueiro brasileiro teve que ser substituído; causando danos na atrás.

Compreendendo os riscos, o Bayern de Munique não tinha mais nada a perder, e numa bobeada da defesa adversária, Choupo-Moting sozinho diminui o placar.

PSG leva melhor e Bayern precisará remar no segundo confronto da Liga dos Campeões. Créditos: Reprodução Twitter
PSG leva melhor e Bayern precisará remar no segundo confronto da Liga dos Campeões. Créditos: Reprodução Twitter

Leia também: Corinthians: vaquinha da Gaviões para ajudar o clube gera polêmica

Bayern x PSG: Segundo tempo

Depois de um bom primeiro tempo realizado, o que era de esperar era justamente a equipe alemã tomar conta de todas as ações. Sabendo disso, nervoso e bem indeciso no início o PSG queria erros gritantes para que pudesse aumentar o placar.

Entretanto, a partir disso, o Bayern de Munique pressionava, e Kimmich bate uma falta precisa e Thomas Muller dá uma escorada fundamental para Keylor Navas não alcançar e empatar o confronto. No entanto, o jogo estava alucinante, pois, o PSG alcançou no contra-ataque alucinante com DiMaría enfiou uma bola  na medida para Mbappé analisar qual canto ia deslocar Neuer marcar o terceiro do time parisiense.

Sendo cirúrgico e “sabendo sofrer”, a equipe do PSG soube controlar os ímpetos do time do Bayern de Munique, com chances claras, mas, a falta de pontaria foi determinante para o que time parisiense pudesse sair na vantagem neste primeiro jogo da Champions League.

Leia também: Tombense x Vasco – Copa do Brasil – Onde assistir ao vivo, escalações e arbitragem

 

Carregando...