Santos segura empate com Boca e decide vaga na Vila como foi a partida

O jogo de Boca Juniors e Santos é um dos clássicos que agitam as semifinais da Copa Libertadores da América. Um confronto que promete ser histórico e é claro por envolver brasileiros e argentinos nesta fase de competição.  

A partida era uma dos confrontos que pareciam mais parelhos, por isso, esperava-se justamente um jogo mais dinâmico e estudado.  Por isso, cada lance era como se fosse o último que seria disputado no duelo que estava sendo disputado.

Boca Juniors empata com Santos na Bombonera. Créditos: Reprodução Twitter
Boca Juniors empata com Santos na Bombonera. Créditos: Reprodução Twitter

Leia também: RB Bragantino x São Paulo: veja onde assistir e prováveis escalações do duelo

Boca Juniors deixa a desejar

Diante de um jogo bem disputado, o Boca Juniors esteve muito perto de fazer o primeiro gol na etapa inicial, no entanto, a trave ajudou o John a não levar o tento logo nos primeiros minutos. Sabendo disso, o  clube argentino soube preencher bem os espaços para que o Santos não tivesse tantas oportunidades.

No primeiro tempo de maneira geral não foi uma grande partida, porém, o time argentino catimbeiro como nunca, soube controlar bem o confronto. No entanto, soube fazer bem o seu papel de uma maneira em geral. Pela forma de como jogou, o Boca Juniors também não teve uma noite inspiradora.

O segundo tempo poderia ser diferente para os dois times, porém, conseguiu ser pior que a etapa inicial. O lance mais importante da partida foi um pênalti não marcado para cima de Marinho. Alguns lances perigosos do Boca Juniors como Fabra lança para o Rara erra na pequena área no último lance da partida terminou o primeiro duelo.  Por isso, foco no objetivo. No entanto, não era o mais adequado a ser conseguido por ambos os times.

Leia também: Diego Souza coloca Grêmio na frente de novo! Grêmio 2 x 1 Bahia. Assista o gol

Santos tentando resolver em casa

Com a semana livre para trabalhar, incluindo no fim de semana, o Santos espera que na Vila Belmiro consiga ter uma sorte melhor do que ocorreu dentro da temida Bombonera. Portanto, todo cuidado fica daquela forma sempre pisando em “ovos”, pois, qualquer deslize pode ser fatal.

Marinho dentro do time brasileiro espera melhor apresentação e quem sabe fazer com que Cuca tente chegar a mais uma final da Copa Libertadores. Na primeira oportunidade, o técnico conseguiu fazer com que o time fosse campeão com o Atlético-MG.

Nomes como Diego Pituca, Alisson e principalmente Lucas Veríssimo( um dos grandes nomes da primeira partida) precisam ter paciência e quem sabe levar um brasileiro a uma final de Copa Libertadores.

Carregando...